Como clonar o WhatsApp em outro celular ou PC

Usando ferramentas do próprio WhatsApp e/ou fabricantes, é possível aprender como clonar o WhatsApp facilmente
Avatar de André Luiz
01/02/2022 às 14:21 | Atualizado há 2 anos
clonar whatsapp destaque

Muitos internautas procuram maneiras de como clonar o WhatsApp. Infelizmente, a maioria procura fazer isso ilicitamente, ou seja, simplesmente espionar outra pessoa. Obviamente não é o que ensinaremos aqui.

Iremos mostrar como clocar o seu próprio WhatsApp ou de algum familiar que tenha dado consentimento para você, afinal isso pode ser útil principalmente para os pais. Mas fica o alerta: fazer isso sem o consentimento, é crime de acordo com a Lei 12.965/14 

Quando é válido clonar o WhatsApp de alguém?

Existem situações que clonar o WhatsApp é útil, como, por exemplo, saber com quem seu filho menor de idade está conversando ou outras situações familiares em que você precise (desde que os avisem). Além disso, você talvez queira apenas usar duas contas do WhatsApp no mesmo celular.

Maneiras de clonar o WhatsApp

Com o mSpy

Como clonar o WhatsApp em outro celular ou PC 1

A melhor opção que testamos, fora das ferramentas que estão incluídas no WhatsApp, é o mSpy, um serviço de monitoramento móvel com o qual é possível criar um backup completo das mensagens enviadas e recebidas no dispositivo alvo. Isso inclui não apenas mensagens de texto, mas também arquivos de mídia compartilhados (imagens e vídeos) e até histórico de chamadas.

É um aplicativo com vários planos de pagamento que devem ser instalados no dispositivo que queremos clonar, sendo necessário fazer jailbreak (iOS) ou root (Android) para que funcione. Quando o dispositivo já possui o mSpy, você pode clonar todos os dados de forma totalmente discreta, permitindo o monitoramento total das informações compartilhadas e recebidas.

Como clonar WhatsApp a distância só com o número

Ainda tem pessoas que não sabem que o próprio WhatsApp disponibiliza uma ferramenta para clonar o WhatsApp em um PC ou até mesmo clonar pelo celular. É o WhatsApp Web. Vejam como usar ele para esse fim

Tempo total: 3 minutos

  1. Abrindo o WhatsApp Web no PC
    Como clonar o WhatsApp em outro celular ou PC 2

    Abra o navegador do seu PC (Chrome, Edge, Firefox, Safari, IE ou Opera) e acesse esse endereço: https://web.whatsapp.com/ Abrirá uma página com a foto de um QR Code.

  2. Acesse as configurações do WhatsApp
    Como clonar o WhatsApp em outro celular ou PC 3

    Abra o seu WhatsApp e clique no botão de três pontinhos no canto superior direito. Depois, clique na opção “Aparelhos conectados”

  3. Leia o QR Code

    Agora, clique em Conectar um Aparelho. Feito isso, sua câmera irá abrir, bata apontar ela para o QR Code do Computador (Windows ou OS X) e pronto, seu WhatsApp estará aberto no Computador e também no celular.

  4. Abrindo mensagens no WhatsAp Web
    WhatsApp Web beta

    Pronto, ao fazer isso, automaticamente suas mensagens do WhatsApp serão exibidas na tela do computador.

    Agora, você pode até desligar seu celular ou tirar o chip. Enquanto você estiver usando o computador, seu WhatsApp continuará funcionando normalmente nele, ou seja, você aprendeu como clonar o WhatsApp com sucesso no PC.

Mas e se você quer clonar seu WhatsApp em outro celular, ou seja, usar dois celulares com o mesmo número do WhatsApp, também é possível através de uma gambiarra mostrada abaixo.

Como clonar o WhatsApp em outro celular

Para clonar seu WhatsApp em outro celular, também usaremos o WhatsApp Web. Porém, faremos uma espécie de hack para o usar desse modo. Sigam os passos abaixo.

Tempo total: 5 minutos

  1. “Transforme” o celular em um computadorcomo usar whatsapp web pelo celularVocê terá que enganar o WhatsApp Web, o fazendo acreditar que você está em um computador, e não em um celular. Pegue seu segundo celular, abra seu navegador (Chrome de preferência) e vá até o site web.whatsapp.com e clique nos 3 pontinhos no lado superior esquerdo e clique em “Para computador”, irá aparecer um QRCode;
  2. Abra as configurações no WhatsApp no celular. Agora, no seu celular principapl onde o WhatsApp está instalado, toque nos três pontinhos e depois em Aparelhos conectados. Agora toque em Conectar um aparelho. A câmera irá se abrir, agora basta apontar ela para o QR Code na tela do outro celular, tablet ou PC do passo 1.
  3. O WhatsApp Web será aberto no segundo celularComo clonar o WhatsApp [Usar 2 contas no mesmo celular] 3Pronto, você aprendeu como clonar o WhatsApp, usando um segundo celular. Agora você pode sair e usar o WhatsApp no seu segundo celular e até deixar em casa o outro, desligar e etc.

Usando dois WhatsApps diferentes no mesmo celular

Muitas marcas de celulares e tablets com Android colocam nativamente um recurso chamado Dual App (ou outro nome similar), que serve para a pessoa usar dois aplicativos iguais mas com perfis diferentes (trabalho e lazer, por exemplo).

Abaixo vejam quais marcas possuem o recurso e possibilitam clonar o WhatsApp.

  • Xiaomi (MIUI): Dual apps
    Settings > Dual Apps
  • Samsung: Dual Messenger
    Settings > Advance features > Dual Messenger
  • Oppo: Clone Apps
    Settings > Clone Apps
  • Vivo: App clone
    Settings > App clone
  • Asus: Twin apps
    Settings > Twin apps
  • Huawei e Honor: App Twin
    Settings > App Twin

Como cada empresa tem seu app, os procedimentos são diferentes, mas basicamente os caminhos são os mostrados acima

É crime clonar o WhatsApp de outra pessoa?

Infelizmente existem diversos motivos para levar uma pessoa a querer clonar o WhatsApp de alguém. Seja por desconfiança do parceiro ou outro motivo. Mas cuidado, preste atenção no que falaremos abaixo antes de tentar a clonagem do WhatsApp de alguém.

É totalmente ilegal, é crime acessar mensagens e dados do WhatsApp de outra pessoa sem sua autorização. Ao clonar o WhatsApp de alguém e acessar suas mensagens, você estará cometendo um crime passível de cadeia.

De acordo com a 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, a garantia do sigilo das comunicações, além de estar expressa na Constituição Federal, foi reforçada pela Lei 12.965/14 (lei que regulamentou o uso da internet no Brasil).

O entendimento está no Informativo de Jurisprudência 582, divulgado esta semana pelo STJ. Conforma a corte, mesmo com a apreensão do celular no momento da prisão em flagrante, o acesso aos dados e mensagens trocadas por meio do aplicativo constitui violação à intimidade do preso, tornando nulas as provas obtidas sem autorização do juiz.

O entendimento do STJ é que o acesso a esse tipo de dado é semelhante ao acesso a e-mails, o que também enseja a autorização judicial específica e motivada.

Então já sabe, nem pense em clonar ou acessar as mensagens de outras pessoas sem que ela saiba. Isso é muito sério.

Com informações: Conjur

Se você gostou do artigo, nos acompanhe no Google Notícias, Facebook, Twitter e Telegram para ter acesso imediato a tudo.
Avatar de André Luiz
André atua como jornalista de tecnologia desde 2009 quando fundou o Tekimobile. Também trabalhou na implantação do portal Tudocelular.com no Brasil e já escreveu para outros portais como AndroidPIT e Techtudo. É formado em eletrônica e automação, trabalhando com tecnologia há 26 anos.
SUGESTÕES PARA VOCÊ