Como desbloquear o Telegram com uma VPN

Com o bloqueio do Telegram no Brasil, veja como continuar usando normalmente através de uma VPN
Avatar de André Luiz
27/04/2023 às 10:51 | Atualizado há 1 ano
Telegram suspensão

O governo brasileiro resolveu bloquear o Telegram no Brasil, já que o aplicativo não passou informações sobre grupos neonazistas conforme ordem anterior. Porém, como muitas pessoas dependem do aplicativo para se comunicar, ensinaremos nesse artigo como continuar usando normalmente, através de uma VPN.

Como usar o Telegram bloqueado no Brasil, através de uma VPN

Com uma VPN confiável, é possível contornar as restrições de internet do Telegram em seu país e usar o aplicativo normalmente. Siga esses seis passos simples para começar a usar o Telegram sem restrições hoje mesmo.

Tempo total: 15 minutos

  1. Escolha uma VPN confiável

    Existem muitas VPNs disponíveis no mercado, gratuitas e pagas, mas nem todas são seguras e confiáveis. É importante escolher uma VPN que seja confiável e que proteja sua privacidade online.

    Faça sua pesquisa e leia avaliações de outras pessoas antes de escolher uma VPN. Nesse tutorial, iremos usar uma gratuita chamnada VPN.lat para Android, que serve para o propósito.

  2. Instale a VPN em seu dispositivo

    Como desbloquear o Telegram com uma VPN 1

    Depois de escolher uma VPN confiável, instale-a em seu dispositivo. A maioria das VPNs oferece aplicativos para dispositivos móveis e computadores, então escolha o aplicativo correto para o seu dispositivo e baixe-o.

  3. Conecte-se a um servidor VPN

    Depois de instalar a VPN em seu dispositivo, abra o aplicativo e conecte-se a um servidor VPN em um país onde o Telegram não esteja bloqueado. Por exemplo, se você estiver no Brasil e o Telegram estiver bloqueado, escolha outro país, vou colocar Austrália aqui. Depois escolha o servidor que pedir, pode ser qualquer um.

    Se conectar corretamente, irá aparecer na sua barra de notificações um ícone de “chave”.

  4. Abra o Telegram

    Como desbloquear o Telegram com uma VPN 2

    Depois de se conectar a um servidor VPN em um país onde o Telegram não está bloqueado, abra o aplicativo Telegram em seu dispositivo. O aplicativo deve funcionar normalmente, permitindo que você envie e receba mensagens e arquivos.

  5. Verifique sua conexão VPN

    É importante verificar periodicamente sua conexão VPN para garantir que ela esteja funcionando corretamente. Certifique-se de que você está conectado a um servidor VPN em um país onde o Telegram não está bloqueado e que sua conexão está segura e criptografada.

  6. Desconecte-se da VPN quando terminar de usar o Telegram

    Depois de terminar de usar o Telegram, desconecte-se da VPN para garantir que sua conexão de internet volte ao normal. Isso também ajudará a economizar sua largura de banda de internet, já que a VPN usa mais largura de banda do que uma conexão normal de internet.

Porque o Telegram foi bloqueado no Brasil?

O Telegram foi bloqueado no Brasil no dia 26 de abril de 2023 por ordem da Justiça Federal do Espírito Santo. O motivo do bloqueio foi a recusa do aplicativo em entregar à Polícia Federal todos os dados solicitados sobre grupos extremistas que atuavam na plataforma. Esses grupos são acusados de promover atos antissemitas, racistas e terroristas, além de corromper menores de idade.

Flavio dino suspensão telegram
(Imagem: O TEMPO)

O bloqueio do Telegram afetou milhões de usuários no país, que ficaram sem acesso ao serviço de comunicação. As operadoras de telefonia celular e as lojas de aplicativos foram notificadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para cumprir a ordem judicial. O aplicativo também foi multado em R$ 1 milhão por dia enquanto mantivesse a recusa em colaborar com as autoridades.

Essa não foi a primeira vez que o Telegram enfrentou problemas com a Justiça brasileira. Em 2022, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o bloqueio do aplicativo após pedido da Polícia Federal, que alegou que o Telegram não forneceu dados de investigados por propagar discurso de ódio. Dois dias depois, Moraes revogou a ordem de bloqueio sob a justificativa de que o aplicativo havia cumprido as determinações judiciais.

O Telegram é conhecido por sua postura de não cooperar com autoridades judiciais e policiais de diversos países, alegando que preza pela privacidade e segurança dos seus usuários. No entanto, essa postura também atrai grupos radicais que usam o aplicativo para disseminar ideologias violentas e planejar ataques. O Telegram enfrenta um dilema entre preservar os direitos dos seus usuários e cumprir as leis dos países onde opera.

Se você gostou do artigo, nos acompanhe no Google Notícias, Facebook, Twitter e Telegram para ter acesso imediato a tudo.
Avatar de André Luiz
André atua como jornalista de tecnologia desde 2009 quando fundou o Tekimobile. Também trabalhou na implantação do portal Tudocelular.com no Brasil e já escreveu para outros portais como AndroidPIT e Techtudo. É formado em eletrônica e automação, trabalhando com tecnologia há 26 anos.
SUGESTÕES PARA VOCÊ