O que é HD, Full HD, Full HD+ e 4K

Está procurando um novo celular ou TV para comprar? Saiba quais as diferenças nas telas HD, Full HD e 4K e como isso decidirá sua compra.
Avatar de André Luiz
26/04/2021 às 12:32 | Atualizado há 3 anos
o que é full HD

Quando você está procurando um novo celular, monitor ou TV para comprar, normalmente no título da loja já está escrito tela HD, Full HD, Full HD+ ou 4K. Mas o que é Full HD? Qual a diferença dessas telas? Abaixo explicamos as diferenças das diferentes resoluções de tela.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

HD

Em todas elas há a sigla HD, mas o que seria isso? HD vem do inglês High Definition, ou Alta Definição no bom e velho português. Isso se refere a quantidade de pixels em uma tela, HD seria uma tela que mede 1280 x 720 pixels.

Mas que diferença isso faz? Imagine que uma imagem é composta de pequenos quadradinhos que ao serem combinados formam a imagem completa. Esses quadradinhos são chamados pixels. Na prática, quanto mais pixels você tem, melhor a qualidade de imagem.

Isso também depende da densidade de pixels. Densidade de pixels é a relação entre a quantidade de pixels e o tamanho da tela, se a tela for menor, a densidade será maior e, consequentemente, a imagem melhor.

O que é Full HD?

Mas o que significa Full HD? Se trata de uma forma avançada de versão de HD (alta definição) e também representada pela sigla FHD, que atualmente é vista em smartphones. E qual a resolução do Full HD? Ela tem mais pixels que o HD, e a resolução é de 1920 x 1080 pixels. Semelhante ao HD, a densidade do pixel dependerá do tamanho das telas.

Um smartphone com tela de 5 polegadas teria 440 PPI (pixels por polegada), enquanto a tela do smartphone de 5,5 polegadas será reduzida para 400 PPI. Em certos casos, as pessoas usam HD e Full HP de forma intercambiável, mas há uma diferença evidente na qualidade visual que você tem com ambos.

Com mais pixels, o detalhe da imagem em Full HD é melhor em comparação com o full HD.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - OTZ

imagem mostrando os diferentes tamanhos de tela: hd , Full HD e 4K

E o Full HD +

Recentemente todos os smartphones apresentam um sinal de “+” na frente da resolução, seja ela HD ou Full HD. Isso não interfere na qualidade, mas altera a proporção. O normal até então do Full HD, era de 1920 x 1080 pixels como vimos acima, onde 1920 se refere a altura da tela e os 1080 a largura. Isso se aplica ao formato padrão de telas, que é um retângulo de 16 x 9. Que é a proporção padrão – ainda –  em notebooks, por exemplo.

Para tentar deixar as telas maiores porém mais confortáveis e que caibam nas mãos, os fabricantes começaram a “esticar” as telas, aumentando a altura delas e diminuindo a largura. Essa alteração na proporção, aumenta um pouco o número de pixels, já que eles mantém a largura e aumenta a altura. Esse número maior de pixels na altura dá origem ao “Plus” nas telas.

Por exemplo, o recentem Moto G100 da Motorola tem resolução Full HD+, onde ela mede 1080 x 2520 pixels, ou seja, aumentaram 600 pixels na altura.

Quad HD

Quad HD ou QHD é uma resolução de tela que tem uma definição quatro vezes maior do HD normal. Isso implica que você pode encaixar os mesmos pixels que quatro telas HD em uma tela QHD do mesmo tamanho. A medição de pixels em uma tela QHD ficaria em 2560 X1440 pixels.

Essas resoluções de tela também são definidas como números: HD é denotado como 720p, Full HD é conhecido como 1080p, e QHD é referido como 2000 pixels ou 2K. Essa resolução certamente contribui para um melhor detalhamento, e a diferença pode ser vista na qualidade da imagem em oposição ao Full HD.

Atualmente, somente smartphones topos de linha possuem essa resolução.

4K ou Ultra HD

4K e Ultra HD são duas resoluções de tela em celulares que muitas vezes são consideradas a mesma coisa, mas são diferentes. As telas 4K têm medições de pixels de 4096 x 2160, enquanto a tela Ultra HD tem 3.840 x 2160 pixels.

A diferença entre essas duas resoluções se resume à proporção, como explicamos lá em cima. Podemos dizer que o 4K seria um Ultra HD+, se fossemos manter a nomenclatura usada no Full HD. O 4K é mais esticado é tem a proporção 21:9, utilizada em filmes.

Principais telas usadas em Smartphones

Smartphones podem usar diferentes tipos de telas, sendo elas de LCD, LCD IPS, AMOLED e OLED. Temos um artigo explicando todas as principais diferenças. Mas abaixo falaremos das duas mais usadas atualmente.

LCD

O Liquid Crystal Display ou LCD refere-se aos vários cristais diferentes que se iluminam através de uma luz de fundo, juntamente com a ubiquidade. Esta tela tem um preço relativamente baixo, o que a torna uma escolha popular entre os usuários de smartphones. Este tipo de tela também funciona bem na luz solar, pois há luz vindo de trás.

Displays LCD são mais baratos de fabricar e adquirir; No entanto, eles são mais consumidos pela bateria, pois dependem constantemente da luz de fundo mesmo quando a tela está completamente preta.

AMOLED

Active Matrix Organic Light-Emitting Diode ou AMOLED possui tecnologia LCD TFT. O OLED é basicamente um material orgânico e exibe luz quando a energia passa por ele. Ao contrário dos painéis LCD, os monitores OLED permanecem desligados até serem eletrificados. As telas de exibição AMOLED vêm com uma taxa de atualização mais rápida; no entanto, eles são difíceis de ver na luz solar direta. Pixels em tela AMOLED podem ser desligados completamente, tornando-o mais eficiente em termos de energia. E esta é a razão pela qual esses tipos de telas são consideradas apter para Exibição Ativa ou Exibição Sempre no Display.

Ao comparar resoluções de tela em telefones celulares, você deve considerar os números e informações técnicas. Você deve entender como a tela se sairia no mundo real para tomar uma decisão viável. Acima estão algumas das resoluções de tela populares disponíveis em celulares. Quando se trata de comprar um smartphone com excelentes resoluções de display, então mara Phones certamente está na vanguarda.

Corning Gorilla Glass

O Gorilla Glass não é uma tela, e sim uma proteção para elas.

Ilustração do Corining Gorilla Glass, um Gorila tocando a tela de um notebook

Se trata de uma camada de vidro que é colocada sobre a tela. Ele é feito através de um processo onde é temperado por meio de troca de íons. O vidro fica submerso em uma solução de sais de potássio à exata temperatura de 400º C. Desse modo, os íons de sódio do vidro são trocados pelos íons de potássio, que são maiores e, por isso, mais resistentes e densos, visto que deixam espaços bem menores entre cada átomo.

Atualmente, as últimas versões dos Gorilla Glass são mais finas que um fio de cabelo e mais de 20% das telas de smartphones do planeta o usam.

O Gorilla Glass possui resistência nativa contra quedas e riscos e, por isso, se contrai e se deforma, ao contrário dos outros tipos de vidros que lascam ou racham. Desse modo, os danos ficam até 40% menos visíveis e o vidro possui um aumento de 40% em sua estabilidade estrutural.

 

SUGESTÕES PARA VOCÊ