Microsoft vai manter o contrato JEDI de US $ 10 bilhões do Pentágono

Avatar de Redação
04/09/2020 às 13:46 | Atualizado há 4 anos
Microsoft vai manter o contrato JEDI de US $ 10 bilhões do Pentágono

Microsoft ganhou US $ 10 bilhões do Departamento de Defesa dos Estados Unidos (DoD) Contrato JEDI (Joint Enterprise Defense Infrastructure) em outubro de 2019 depois de afirmar que era não vai se retirar do processo licitatório para o contrato do Pentágono devido a protestos. No entanto, o contrato não foi bem com empresas como a Amazon, que entrou com uma ação judicial em novembro de 2019, contestando a decisão de conceder o contrato à Microsoft.

Ao longo do processo de licitação, a Amazon esperava-se que ganhasse o contrato. No entanto, o gigante de Redmond supostamente superou o lance do gigante do comércio eletrônico nas rodadas finais para ganhar o contrato. Devido ao processo e às questões levantadas por meio dele, o DoD começou a reavaliar as propostas e solicitou que ambas as empresas apresentassem propostas revisadas em março deste ano. Agora, o DoD tem divulgou um comunicado (manchado por ZDNet) que reafirma que o contrato JEDI, conforme originalmente planejado, será concedido à Microsoft.

Aqui está a declaração completa:

O Departamento concluiu sua reavaliação abrangente das propostas JEDI Cloud e determinou que a proposta da Microsoft continua a representar o melhor valor para o Governo. O contrato JEDI Cloud é um contrato de preço fixo firme, entrega indefinida / quantidade indefinida que disponibilizará uma gama completa de serviços de computação em nuvem para o DoD. Embora a execução do contrato não comece imediatamente devido à Ordem de Injunção Preliminar emitida pelo Tribunal de Reclamações Federais em 13 de fevereiro de 2020, o DoD está ansioso para começar a fornecer essa capacidade para nossos homens e mulheres uniformizados.

O processo da Amazon alegadamente citou influência política e erros como a razão para o contrato ser concedido à Microsoft. No entanto, a Microsoft disse que o contrato foi oferecido a eles porque oferecia “tecnologia significativamente superior a um preço melhor”. A empresa também afirmou que a Amazon queria refazer o contrato porque havia “obtido informações significativas sobre os preços de seu concorrente” por meio dos processos.

O contrato JEDI do Pentágono visa adquirir tecnologias em nuvem do gigante da tecnologia para modernizar os sistemas e infraestrutura do DoD. A vitória da Microsoft também abre mais oportunidades para a empresa no setor governamental.

Se você gostou do artigo, nos acompanhe no Google Notícias, Facebook, Twitter e Telegram para ter acesso imediato a tudo.
Avatar de Redação
Os artigos assinados por nossa Redação, são artigos colaborativos entre redatores, colaboradores e/por nossa inteligência artificial (IA).
SUGESTÕES PARA VOCÊ