Aplicações de IoT na Agricultura de Soja dos EUA: Transformando as Operações para Maior Eficiência

"IoT na Agricultura de Soja dos EUA: Eficiência aumentada com tecnologia. Saiba como a IoT está transformando as operações agrícolas."
Avatar de André Luiz
07/08/2023 às 11:12 | Atualizado há 11 meses
Aplicações de IoT na Agricultura de Soja dos EUA: Transformando as Operações para Maior Eficiência 1

Os avanços tecnológicos ocorrem não apenas em AR/VR, cibersegurança e desenvolvimento web. Um dos exemplos mais notáveis da aplicação da inovação é o setor agrícola. A indústria agrícola está incorporando drones, robôs e outras máquinas fantásticas, e a Internet das Coisas na agricultura está produzindo resultados espetaculares.

A indústria agrícola não é mais vista como um campo isolado da IoT e da tecnologia. De acordo com as estatísticas, haverá mais 3 bilhões de pessoas na Terra até 2050. Por conseguinte, a agricultura industrial é necessária para melhorar as circunstâncias.

Saiba como a Internet das Coisas (IoT) e outras tecnologias estão transformando a agricultura moderna e como seu uso pode ajudar o agronegócio.

O que significa IoT na agricultura?

A cada dia, mais “coisas” que podem se conectar à Internet aparecem, como máquinas, cidades, carros, casas, eletrodomésticos e assim por diante. Essa conexão permite que esses itens troquem, recebam e analisem informações. Com base nessas informações, eles podem realizar ações, fazer inferências e tomar decisões. Isso é o que é IoT.

Apesar de percebermos essas mudanças em nosso dia a dia, os avanços tecnológicos não estão acontecendo tão rapidamente no setor agrícola. Alguns fatores contribuem para isso, como a expansão territorial do Brasil, que limita sua ampla propagação.

Felizmente, de acordo com os últimos artigos da U.S. Soy,  uma nova geração de agrônomos e agricultores abertos à agitech está tentando democratizar ideias e conceitos que, até recentemente, não faziam parte da realidade dos agrônomos.

Principais áreas em que a IoT pode ser aplicada na agricultura

1. Monitoramento e Automação de Equipamentos

Aplicações de IoT na Agricultura de Soja dos EUA: Transformando as Operações para Maior Eficiência 6
Imagem: Unsplash

Para acompanhar o desempenho e a saúde de máquinas agrícolas, como tratores e colheitadeiras, sensores habilitados para IoT podem ser colocados. A manutenção preditiva pode ser realizada usando esses dados para garantir que o equipamento funcione de forma eficaz e minimizar o tempo de inatividade. Além disso, a IoT pode tornar possível automatizar algumas tarefas agrícolas, como o uso de máquinas autônomas para plantio, colheita e pulverização precisa, o que aumentará a produtividade e diminuirá a necessidade de trabalhadores.

2. Automação de Estufas

Aplicações de IoT na Agricultura de Soja dos EUA: Transformando as Operações para Maior Eficiência 7
Imagem: Unsplash

Para manejar o ambiente em estufa, os agricultores frequentemente necessitam de intervenção manual. Eles podem obter informações precisas em tempo real sobre parâmetros de estufa, incluindo iluminação, temperatura, qualidade do solo e umidade, graças ao uso de sensores IoT.

As estações meteorológicas podem alterar as condições de forma autônoma para refletir os parâmetros especificados, além de fornecer dados ambientais. Em particular, os sistemas de automação para estufas operam com um conceito semelhante.

3. Sistemas completos de gerenciamento de farm

Os chamados sistemas de gestão da produtividade agrícola podem ser vistos como um exemplo de uma abordagem mais complexa para produtos IoT na agricultura. Eles geralmente compreendem vários sensores no local e dispositivos IoT para agricultura, bem como um painel robusto com ferramentas analíticas e funções de contabilidade e relatórios integradas.

Isso permite o monitoramento remoto da fazenda e agiliza a maioria dos processos comerciais.

4. Robôs e Máquinas Autônomas

O desenvolvimento de robôs autônomos para uso na agricultura é outra área em que as tecnologias robóticas têm um futuro brilhante. Colhedoras automatizadas, tratores e outras máquinas e veículos que podem funcionar sem controle humano já são usados por certas fazendas. Esses robôs são capazes de completar trabalhos trabalhosos, repetitivos e difíceis.

Por exemplo, os agrobots contemporâneos podem ser tratores automatizados que podem começar a trabalhar em horários pré-determinados, transmitir mensagens e trabalhar em rotas pré-determinadas. Esses tratores sem motorista economizam custos de mão de obra para os agricultores.

Vantagens da IoT na Agricultura

· Coleta inteligente de dados

Aplicações de IoT na Agricultura de Soja dos EUA: Transformando as Operações para Maior Eficiência 8
Imagem: Unsplash

Os sensores de dispositivos IoT podem reunir muitas informações que são úteis para os agricultores. Clima, qualidade do solo e desenvolvimento das plantações são alguns exemplos. Esses dados podem ser utilizados para monitorar a produção de seus trabalhadores, a eficiência de seu maquinário e o estado da fazenda.

· Redução de Resíduos

A IoT na agricultura permite uma gestão mais rentável devido a um melhor controlo da produção. Os produtores podem detectar com mais precisão qualquer aberração na lavoura, por exemplo, usando equipamentos inteligentes. Como resultado, é mais simples parar com sucesso qualquer infecção que reduza a produção.

Além disso, os processos de irrigação e adubação também podem ser mais baratos. Afinal, os equipamentos agrícolas são equipados com sensores que podem produzir uma riqueza de dados sobre o solo.

Outro benefício é a capacidade de configurar os sensores para enviar alertas sobre o momento perfeito de colheita. Desta forma, evita-se o desperdício na lavoura.

· Automação de Processos

É possível automatizar várias etapas relacionadas à produção a partir de dispositivos inteligentes, incluindo irrigação, fertilização e manejo de pragas. A eliminação dessas intervenções manuais melhora a precisão, aumenta a qualidade do produto e conserva os recursos. Por isso, a agricultura garante que a colheita atenda a maiores critérios de qualidade.

· Monitoramento de animais

Aplicações de IoT na Agricultura de Soja dos EUA: Transformando as Operações para Maior Eficiência 9
Imagem: Unsplash

Mesmo separados fisicamente, os agricultores podem monitorar de perto a saúde dos animais de criação graças à IoT. Assim, se vacas e ovelhas fazem parte de um rebanho, pode-se encurtar seu tempo de busca no pasto.

Também é viável acompanhar a saúde das gestações desses animais e determinar quais estão doentes. Em caso afirmativo, o sensor alerta o produtor para entrar em contato com um veterinário.

Conclusão

A IoT tem ajudado cada vez mais empresas agrícolas a se tornarem mais produtivas e eficientes. Uma das maiores vantagens da IoT na agricultura é sua capacidade de reunir grandes quantidades de dados cruciais, permitindo que os agricultores monitorem tudo, desde a saúde da lavoura até a temperatura do solo continuamente. Esse recurso permite a detecção precoce de problemas, reduz os riscos e promove uma tomada de decisão mais bem informada. A IoT também permite que as empresas agrícolas monitorem remotamente suas fazendas a partir de um computador ou dispositivo móvel, mantendo-as informadas sobre o status de suas lavouras e permitindo que sejam avisadas em caso de possíveis problemas.

Embora a agricultura baseada em IoT ainda esteja engatinhando, ela apresenta muitas oportunidades interessantes para nos ajudar a enfrentar futuras dificuldades de segurança alimentar. Tem o grande potencial de alterar a forma como produzimos

Se você gostou do artigo, nos acompanhe no Google Notícias, Facebook, Twitter e Telegram para ter acesso imediato a tudo.
Avatar de André Luiz
André atua como jornalista de tecnologia desde 2009 quando fundou o Tekimobile. Também trabalhou na implantação do portal Tudocelular.com no Brasil e já escreveu para outros portais como AndroidPIT e Techtudo. É formado em eletrônica e automação, trabalhando com tecnologia há 26 anos.
SUGESTÕES PARA VOCÊ