Aplicativo Celular Seguro do governo: o que é, como funciona e como usar

Aplicativo celular seguro do governo, em parceria com as operadoras, bloqueia totalmente o celular no caso de roubo, veja como usar
Avatar de André Luiz
02/01/2024 às 14:32 | Atualizado há 2 meses
Aplicativo Celular Seguro do governo: o que é, como funciona e como usar 1

O roubo de celulares é um problema recorrente em nosso país, causando prejuízos financeiros e transtornos para as vítimas. Com o objetivo de combater esse tipo de crime, o Ministério da Justiça e Segurança Pública lançou o aplicativo Celular Seguro. Neste artigo, vamos explorar em detalhes o que é o Celular Seguro, como ele funciona e como utilizá-lo para proteger seus dados pessoais e financeiros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O que é o Celular Seguro?

O Celular Seguro é um aplicativo governamental desenvolvido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública em parceria com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Seu objetivo principal é inibir roubos e furtos de celulares, proporcionando uma forma rápida e eficiente de bloquear o aparelho, a linha telefônica e os aplicativos bancários em caso de incidentes.

Como registrar seu celular no Celular Seguro

Antes de tudo, vai um aviso: não faça testes com o tutorial abaixo se seu celular não foi roubado. Apenas faço o cadastro e mais nada, não tente simular uma concorrência. Ao fazer isso, você irá inutilizar o seu celular e o processo reverso é trabalhoso e burocrativo. Repetimos: você poderá perder seu celular.

Fazendo Login

Antes de tudo, baixe o aplicativo Celular Seguro, disponível para Android ou para iOS.

Para usar o Celular Seguro, primeiro você precisa fazer o login com sua conta do Gov.br. Ao abrir o aplicativo, digite seu CPF no campo designado e clique em “Confirmar”. Em seguida, digite sua senha.

Aplicativo Celular Seguro do governo: o que é, como funciona e como usar 2

1. Abra o aplicativo Celular Seguro.
2. Digite seu CPF no campo designado.
3. Clique em "Confirmar".
4. Digite sua senha.

Aceitando os Termos de Uso

No primeiro acesso, o aplicativo exibirá os Termos de Uso. Para continuar, clique em “Concordo”.

1. Leia os Termos de Uso.
2. Clique em "Concordo".

Cadastro de Pessoas de Confiança

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - OTZ

No Celular Seguro, você pode cadastrar uma ou mais pessoas de confiança que poderão criar ocorrências em seu nome caso seu aparelho seja roubado.

1. Clique em "Pessoas de Confiança".
2. Clique em "Cadastrar Contato".
3. Preencha os campos com nome, CPF, telefone e e-mail do seu contato de confiança.
4. Clique em "Cadastrar".

Registro do Telefone

Aplicativo Celular Seguro do governo: o que é, como funciona e como usar 3

Para registrar seu telefone no Celular Seguro, você precisa fornecer algumas informações sobre o aparelho.

1. Clique em "Registrar telefone".
2. Clique em "Cadastrar telefone".
3. Informe a marca, modelo, número de série, operadora, número de telefone e IMEI do seu aparelho.
4. Clique em "Cadastrar".

Registro de Ocorrência

Aplicativo Celular Seguro do governo: o que é, como funciona e como usar 4

Se necessário, você pode registrar uma ocorrência no Celular Seguro para iniciar o processo de bloqueio.

1. Clique em "Registrar Ocorrência".
2. Escolha "Meus telefones" ou "Telefone de Confiança".
3. Preencha os campos informando a data, tipo de situação, hora e estado da ocorrência.
4. Clique em "Emitir".

Como usar o Celular Seguro no computador?

Você também pode usar o Celular Seguro através do site oficial. O processo é semelhante ao aplicativo, mas com algumas diferenças.

1. Acesse o site do Celular Seguro pelo link [https://celularseguro.mj.gov.br/](https://celularseguro.mj.gov.br/).
2. Faça o login com a conta Gov.br.
3. Aceite os Termos de Uso.
4. Escolha a opção desejada no menu de serviços.
5. Siga as instruções para cadastrar um contato de confiança, registrar um celular ou reportar uma ocorrência.

Como funciona o Celular Seguro?

O funcionamento do Celular Seguro é bastante simples e intuitivo. O aplicativo está disponível para sistemas Android e iOS, mas também é possível acessá-lo pelo site oficial do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Para utilizar o Celular Seguro, é necessário fazer um cadastro prévio por meio da conta gov.br.

Após o cadastro, caso você tenha seu celular roubado, furtado ou perdido, poderá registrar uma ocorrência no aplicativo. Essa ocorrência será enviada simultaneamente para as operadoras de telefonia e os bancos parceiros do programa. Dessa forma, você poderá notificar várias instituições de uma só vez, agilizando o processo de bloqueio e reduzindo o tempo de contato com cada uma delas individualmente.

Parcerias do Celular Seguro

O Celular Seguro conta com a participação de diversas instituições importantes no combate aos crimes relacionados a smartphones. Além do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a Febraban e a Anatel, também firmaram parceria com o programa os seguintes bancos: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Santander, Itaú, Banco Inter, Sicoob, XP Investimentos, Banco Safra, Banco Pan, BTG Pactual e Sicredi.

Além dos bancos, grandes empresas como Google, Uber, 99, Zetta, Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) também aderiram ao programa. As empresas de telefonia Claro, Vivo e TIM também se comprometeram a oferecer suporte ao aplicativo.

Benefícios do Celular Seguro

O Celular Seguro traz uma série de benefícios para os usuários. O primeiro deles é a agilidade no processo de bloqueio do aparelho, da linha telefônica e dos aplicativos bancários. Com apenas alguns cliques, é possível bloquear todas essas funcionalidades, impedindo que criminosos tenham acesso aos seus dados pessoais e financeiros.

Outro benefício importante é a redução da atratividade do crime. Ao bloquear o celular nas redes e impossibilitar o acesso aos recursos bancários, o aparelho se torna menos atrativo para os criminosos, desestimulando roubos e furtos. O objetivo é transformar o aparelho roubado em um pedaço de metal inútil, tornando-o praticamente sem valor para os bandidos.

Limitações do Celular Seguro

Apesar dos benefícios oferecidos pelo Celular Seguro, é importante ressaltar algumas limitações do aplicativo. Uma delas é o prazo para o bloqueio completo do aparelho. Enquanto algumas operadoras de telefonia mencionam prazos de até 6 horas para processar o pedido de bloqueio, os bancos participantes do programa apresentam prazos que variam de imediato a até meia hora.

Outra limitação diz respeito à inutilização completa do aparelho. Para que o celular se torne realmente inútil nas mãos dos criminosos, seria necessário bloquear não apenas a linha telefônica e os aplicativos bancários, mas também os sistemas operacionais. Até o momento, apenas o Google, desenvolvedor do sistema Android, foi citado como parceiro do programa. O Ministério da Justiça está em negociações com a Apple, desenvolvedora do sistema iOS, para que também sejam incluídos no projeto.

Estatísticas de roubos de celulares no Brasil

Os números de roubo e furto de celulares no Brasil são alarmantes. De acordo com o 17º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, em 2022 foram registrados 999.223 roubos e furtos de celulares no país. No entanto, acredita-se que esses números ainda estejam subnotificados, pois muitos usuários enfrentam dificuldades para realizar o bloqueio da linha e do aparelho de forma rápida e eficiente.

O Celular Seguro é uma importante iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública para combater roubos e furtos de celulares no Brasil. Com o aplicativo, é possível bloquear o aparelho, a linha telefônica e os aplicativos bancários de forma rápida e eficiente, reduzindo a atratividade do crime e desestimulando a receptação de aparelhos roubados.

Apesar das limitações do programa, como o prazo para o bloqueio completo e a inutilização do aparelho, o Celular Seguro representa um avanço significativo na segurança digital dos usuários. É importante que cada vez mais instituições e empresas se juntem a essa iniciativa, fortalecendo ainda mais o combate aos crimes relacionados a smartphones.

Proteja seu celular e seus dados pessoais, utilize o Celular Seguro e contribua para a construção de uma sociedade mais segura e protegida contra os crimes digitais.

SUGESTÕES PARA VOCÊ