Huawei lança sistema de mineração para uso comercial

O MineHarmony é o primeiro sistema operacional de Internet das Coisas (IoT) que combina 5G+IA para o setor da mineração
Avatar de André Luiz
10/11/2022 às 18:27 | Atualizado há 1 ano
Huawei lança sistema de mineração para uso comercial 1

A Huawei, líder global de infraestrutura para Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e dispositivos inteligentes,  acaba de anunciar que o sistema operacional MineHarmony entrou em uso comercial em grande escala, prometendo uma nova era para a indústria da mineração, com a integração 5G+IA.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O anúncio foi feito pelo presidente rotativo da Huawei, Ken Hu, no evento Huawei Connect 2022, na China, no dia de hoje. Ele enfatizou o esforço da empresa em oferecer aos clientes uma tecnologia adequada às suas necessidades. “Para oferecer aos nossos clientes soluções baseadas em cenários que realmente satisfaçam suas necessidades, tivemos que trabalhar em conjunto para compreender realmente os desafios da indústria da mineração”, explicou.

Segundo Hu, com esta interação, o Mine Team de Huawei conseguiu um resultado excepcional. No destaque, o MineHarmony OS, uma inovação conjunta da Huawei e da China Energy Investment Corporation. O sistema está sendo implementado em 3.300 equipamentos em 13 minas e em uma instalação de remoção de impurezas do carvão.

Em uma mina de Wulan Mulun (também conhecida como Ulan Moran) na Mongólia, os resultados em conectividade, interface e acesso a dados foram excelentes. O sistema operacional cobre uma multidão de cenários inovadores, incluindo o controle inteligente e a atualização em linha de equipamentos, reduzindo o tempo de um dia a quatro minutos para essas tarefas.

Para garantir a digitalização e a transformação digital na mina, os primeiros desafios foram lidar com a interconectividade e a interoperabilidade dos equipamentos e a inacessibilidade aos dados. A chave foi encontrar as tecnologias de rede mais adequadas. A conectividade do 5G da Huawei, assim como a conectividade óptica em FTTM e IPv6+ garantiram a rede mesmo nos lugares mais distantes da superfície dentro das minas. Estas tecnologias, reconhecidas por sua baixa latência e alta confiabilidade, são ideais em múltiplos cenários, como o backhaul de vídeo e o controle remoto de equipamentos.

As minas de carvão subterrâneas estão equipadas com dispositivos e equipamentos que funcionam com diferentes protocolos, e encontrar uma maneira de interconectá- los é um grande desafio. Para isso, o Mine Team da Huawei e a China Energy contaram com a ajuda de mais de 30 parceiros para desenvolver MineHarmony, o primeiro sistema operacional de Internet das Coisas (IoT) do setor de mineração, em apenas três meses.

Como um sistema operacional de IoT industrial de vanguarda, o MineHarmony oferece protocolos unificados para diferentes equipamentos e simplifica as operações de inspeção e controle. O sistema cobre equipamentos de todos os tamanhos e utiliza protocolos unificados para permitir a troca de dados entre equipamentos e a interconectividade entre usuários e dispositivos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - OTZ

Além disso, as tecnologias de vídeo 5G+AI permitem às pessoas que trabalham nos escritórios controlar de forma remota as operações subterrâneas, melhorando assim o ambiente de trabalho e a segurança dos trabalhadores.

O 5G garante a transmissão de vídeo em tempo real dos transportadores principais e a IA identifica com precisão possíveis anomalias. Dessa forma, o sistema reconhece as inspeções manuais por fases em um monitor inteligente conectado 24 horas por dia, 7 dias por semana, além de reduzir a necessidade de inspeção presencial subterrânea em 20%.

Com TIC de vanguarda que está profundamente entrelaçada com as práticas de campo, o MineHarmony da Huawei é uma plataforma digital industrial para a indústria de mineração que pode ser executada em padrões e marcos unificados.

Para a Huawei, a colaboração é a palavra-chave. Ao desenvolver plataformas de IoT de última geração, com dados como fatores-chaves e segurança como salvaguarda, a empresa visa oferecer tecnologias de última geração para o setor de mineração, incluindo as cadeias de suprimentos e industriais. Neste processo, a colaboração com os parceiros gerou um novo valor para a indústria mineradora, além de torná-la mais segura e eficiente, ao mesmo tempo que reduziu a necessidade de trabalhadores em tarefas indesejáveis e perigosas.

A transformação digital das indústrias apresenta tanto oportunidades como desafios. A Huawei espera trabalhar com mais parceiros com espírito de inovação e colaboração e os incentiva a colaborarem de modo a acelerar a digitalização e promover os requisitos necessários para um desenvolvimento econômico sustentável.

Se você gostou do artigo, nos acompanhe no Google Notícias, Facebook, Twitter e Telegram para ter acesso imediato a tudo.
Avatar de André Luiz
Fundador e editor chefe da Tekimobile Midia. Além de empreender, trabalhou 20 anos com eletrônica e telecom até que decidiu se dedicar 100% na produção de conteúdo.
SUGESTÕES PARA VOCÊ