Pixel 5 e Pixel 4a (5G) também deram as caras, mas timidamente

Foto mostrou o Google Pixel 4a e Google Pixel 5 de lado, mas já deu para ver mudanças importantes nos smartphones.
Avatar de André Luiz
03/08/2020 às 12:44 | Atualizado há 4 anos
Pixel 5

Além de lançar o Pixel 4a hoje, o Google mostrou uma breve visualização do restante de sua linha de smartphone de 2020. Em um dos teasers apresentados, foi possível ver que o Pixel 4a (5G) e o Pixel 5 serão lançados ainda no outono americano (setembro até começo de dezembro) e custarão, segundo rumores, à partir US$ 499 (R$ 2.653 em conversão direta).

As vistas laterais de cada aparelho – Pixel 5 à esquerda e Pixel 4a (5G) à direita – apareceram na frente do logo 5G, mostrando que ambos terão compatibilidade com a rede de alta velocidade. Comparado ao Pixel 4a, vemos um aumento no quadrado onde fica a câmera.

Isso confirma mais ou menos a configuração de câmera dupla, enquanto o botão liga / desliga do Pixel 5 parece brilhante, que pode indicar uma mudança do botão de plástico colorido para um botão de metal, o o 4a (5G) continua com o mesmo botão roxo da versão básica.

O que sabemos com certeza é que esses dois smartphones de última geração terão pelo menos um aumento de US $ 150. Presumivelmente, esse preço inicial é para o Pixel 4a (5G). Como vários rumores estão apontando, o chipset mais provável em ambos os dispositivos é o Snapdragon 765G.

Como um celular da série 4a, ele deve ser o mesmo que o anunciado hoje, ser de plástico (notem a textura diferente) ter entrada para fone de ouvidos e, comparativamente, deve ter uma tela maior além de bateria. Renderizações de CAD vazadas também apontam para uma segunda câmera, outra diferenciação importante.

Enquanto isso, o Pixel 5 também deve ser alimentado pelo Snapdragon 765G e ter as mesmas especificações técnicas, até a câmera frontal. Ele pode se diferenciar por ter mais materiais mais premiums com metal e vidro, construção (classificação IP contra água) e carregamento sem fio com um recurso reverso de compartilhamento de bateria que foi detalhado durante a Android 11 Developer Preview.

Além disso, ambos devem vir com o Android 11. Os preços deste dispositivo são desconhecidos, mas não podem se afastar muito dos US $ 499 para permanecerem competitivos.

O período de lançamento está alinhado com o cronograma de lançamento típico do Google e o evento de hardware Made by Google. Se os anos anteriores servirem de guia, ocorrerá na primeira quinzena de outubro, embora o COVID-19 sempre possa impor atrasos no anúncio e na disponibilidade.

Se você gostou do artigo, nos acompanhe no Google Notícias, Facebook, Twitter e Telegram para ter acesso imediato a tudo.
Avatar de André Luiz
André atua como jornalista de tecnologia desde 2009 quando fundou o Tekimobile. Também trabalhou na implantação do portal Tudocelular.com no Brasil e já escreveu para outros portais como AndroidPIT e Techtudo. É formado em eletrônica e automação, trabalhando com tecnologia há 26 anos.
SUGESTÕES PARA VOCÊ